Trato Pelo Capivari e Floripa Se Liga na Rede retomam inspeções com medidas extras de segurança

27 de Abril de 2020.

Programas adotam protocolo de prevenção contra covid-19; imóveis com moradores em grupos de risco não serão vistoriados

Apresentando protocolo contra a covid-19, o Floripa Se Liga Na Rede retomou, nesta segunda-feira (27), os serviços de inspeção das ligações de esgoto em imóveis do Centro e do Norte da Ilha. No fim da semana passada, o Trato Pelo Capivari, programa voltado exclusivamente ao bairro dos Ingleses, já havia reiniciado suas atividades com medidas extras de prevenção e segurança. As vistorias estavam suspensas desde meados de março em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Para dar sequência aos trabalhos, após mais de um mês de paralisação, os engenheiros responsáveis pelo Floripa Se Liga Na Rede e pelo Trato Pelo Capivari elaboraram um protocolo, compartilhado entre os dois programas, trazendo uma série de novos procedimentos de agendamento, inspeção e pós-inspeção voltados à proteção de técnicos e moradores.

Uma das novidades é a possibilidade de o cidadão escolher entre dois tipos de inspeção: a tradicional segura, com regras extras de segurança, e a guiada, em que a presença dos técnicos fica restrita às áreas externas do imóvel. Os testes de pontos hidráulicos localizados em áreas internas e privativas, neste modelo de inspeção, serão realizados pelo próprio morador, orientado passo-a-passo via rádio. 

As novas medidas de segurança e prevenção, desenvolvidas com base em recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foram inicialmente apresentadas à Prefeitura da Florianópolis e à Casan. Após treinamento das equipes técnicas, o protocolo foi demonstrado na sede de cada programa, nos Ingleses e em Ponta das Canas, e aprovado por representantes dos órgãos que coordenam os programas.

"Além de a fiscalização ambiental ser considerada atividade essencial, pesquisadores já alertaram para a possibilidade de o esgoto ser uma via de transmissão do coronavírus. Daí a importância de reiniciar os trabalhos do Floripa Se Liga Na Rede e do Trato Pelo Capivari", afirma a engenheira sanitarista Thauana Mendes Vieira, da ECHOA Engenharia, empresa que executa os serviços de inspeção.

Estudos detectaram a presença do vírus nas fezes de pessoas contaminadas até 11 dias depois de as amostras do trato respiratório testarem negativo -- o que indica que cargas virais podem chegar aos rios e mares pelo lançamento irregular de esgoto (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) ETEs Sustentáveis - UFMG).

Em um primeiro momento, moradores dos imóveis que haviam marcado inspeção nos dias anteriores à suspensão das atividades serão contactados para definir nova data. Quem recebeu comunicado ou deseja agendar retorno de regularização deverá entrar em contato exclusivamente via mensagem de WhatsApp para os números (48) 98821-6499 (Floripa Se Liga Na Rede) e (48) 99123-1223 (Trato Pelo Capivari).

*Medidas de segurança e prevenção contra a covid-19*

Pelas novas diretrizes do Floripa Se Liga Na Rede e do Trato Pelo Capivari, não haverá inspeção em imóveis com moradores pertencentes a grupos de risco relacionados ao novo coronavírus. Esta informação será confirmada no processo de pré-agendamento. Em condomínios residenciais, o síndico deverá indicar apartamentos para testagem segundo o mesmo critério. 

A partir de agora, agendamento e envio de documentos -- comunicados, regularizações e certificados -- serão exclusivamente digitais. No contato prévio com o programa, o cidadão deverá informar as características do imóvel e escolher o modelo de inspeção (tradicional com medidas extras de segurança ou guiada). 

Após o agendamento, o programa irá preparar kits exclusivos para cada vistoria, com materiais dimensionados de acordo com o porte do imóvel. Além do corante acondicionado em sachês, smartphones e rádios serão cobertos por plástico filme. 

A higienização de equipamentos, materiais de trabalho e EPIs será efetuada antes de adentrar a propriedade, em frente ao morador. Na inspeção tradicional com medidas extras de segurança, um técnico localizará caixas de passagem, caixas de gordura e ralos, dando início aos testes nas áreas externas (área de lazer, salão de festas, banheiros). A seguir, com todos os EPIs e materiais higienizados, outro técnico realizará o trabalho na área interna do imóvel. Na inspeção guiada, é o morador quem assume os testes nesta etapa.

Concluído o trabalho, independentemente do modelo de inspeção aplicado, os excessos de corante, o plástico filme de cobertura do rádio e do smartphone e parte dos EPIs serão descartados.